PF aponta indícios de lavagem de dinheiro e associação criminosa dos irmãos Geddel e Lúcio

Foi concluído pela Polícia Federal o inquérito que envolvia os irmãos baianos Geddel e Lúcio Vieira Lima do PMDB. De acordo com o G1, a investigação versava sobre os R$ 51 milhões encontrados em um apartamento ligado a família. Ainda de acordo com o portal G1, a PF concluiu que há indícios suficientes de crime de lavagem de dinheiro e associação criminosa por cinco pessoas. O advogado Gamil Foppel, responsável pela defesa dos Vieira Lima, afirmou que não iria comentar o indiciamento dos clientes porque ainda não teve acesso à conclusão do inquérito.  Agora o relatório segue ao gabinete do ministro do Supremo Tribunal Federal, Luís Edson Fachin, relator do caso.

 

www.jequitinhonhanews.com/(Bocãonews)

AVISO: O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.