Ex-aluno confessa ter matado professor durante roubo

Um homem de 23 anos foi preso na tarde deste domingo (10) por suspeita de roubar e matar o professor José Edmilson da Silva, 32, em Porto Calvo, Alagoas. A detenção foi realizada por policiais militares do Pelotão de Operações Policiais Especiais (Pelopes), que pertence ao 6º Batalhão de Polícia Militar (BPM), horas após a localização do corpo do docente, na zona rural do município. Ele estava desaparecido havia dois dias.

De acordo com o tenente-coronel da PM Pedro Henrique do Carmo Neto, Thiago da Silva, que seria ex-aluno do docente, foi detido em uma região de assentamentos e confessou o crime.

“Ele foi visto com a moto roubada do professor na região e nós recebemos informações de que ele estaria em um campo de futebol. Assim que foi preso, ele confessou ter matado o professor”, disse o policial ao UOL.

Segundo a polícia, o suspeito relatou que não reconheceu o professor e que atirou porque a vítima reagiu ao assalto. “Ele foi reconhecido por vários moradores da região por praticar crimes, como roubo, naquela localidade. Ele mesmo confessou que costumava roubar veículos na região”, comentou Neto.

Ainda conforme informações da polícia, Thiago disse que o objetivo dos crimes cometidos era levantar dinheiro para libertar um parente que também está preso.

Após a prisão, o suspeito foi encaminhado à Delegacia Regional de Matriz de Camaragibe. O caso está sendo investigado pela Polícia Civil como latrocínio – roubo seguido de morte. A polícia apura se Thiago agiu sozinho ou se estava com algum comparsa quando matou o educador com um tiro na cabeça.

 

www.jequitinhonhanews.com/Namidianews

AVISO: O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.