Enquanto brasileiros sofrem com pandemia, deputados e senadores recebem antecipação do 13º

Enquanto brasileiros sofrem com pandemia, deputados e senadores recebem antecipação do 13º

Deputados e senadores já receberam a antecipação de metade do 13º salário. Enquanto 9,3 milhões de trabalhadores tiveram salários suspenso em até 75% e informais ou desempregados sofrem na fila do auxílio emergencial de R$ 600 durante a pandemia do novo coronavírus, a folha de pagamento de junho do Congresso Nacional adiantou R$ 50 mil para cada parlamentar.

O valor bruto é a soma da remuneração mensal mais a antecipação da gratificação natalina. Nenhum benefício dos parlamentares sofreu alteração durante a pandemia. Entre as mordomias mantidas estão a verba mensal de gabinete, de R$ 111 mil, e o cotão, que vai de R$ 30,7 mil a R$ 45,6 mil, para gastos como alimentação e transporte.

Os cargos do executivo do governo Jair Bolsonaro também não tiveram alteração. Na Nova Zelândia, por exemplo, a primeira-ministra Jacinda Ardern e todo o seu gabinete tiveram corte de 30% nos salários.

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), chegou a afirmar que estava aberto a discutir uma redução de salário, desde que o corte atingisse os três Poderes. O debate não foi adiante.

 

 

Por:Jequitinhonhanews.com/Bahia-ba

Comente nossa matéria usando o Facebook
AVISO: O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.