Com órgão de 48 centímetros, homem recebe auxílio do governo por não conseguir emprego

Um homem, de 55 anos, vem passando por dificuldades e não consegue arranjar emprego por possuir um pênis de 48 centímetros.

Em entrevista ao jornal britânico Metro, o mexicano Roberto Esquivel Cabrera contou que é considerado deficiente pelas empresas, por não conseguir se ajoelhar ou utilizar uniformes.

“Não posso me movimentar com rapidez e as empresas não me enxergam com bons olhos quando conto sobre minha condição”, disse.

Quando era jovem, Roberto utilizava pesos para aumentar o tamanho do pênis e chegou a trabalhar como ator pornô. Atualmente, ele recebe uma ajuda financeira do governo para conseguir se sustentar.

O homem também relata que sofre dificuldades para dormir de frente e precisa envolver o membro em ataduras.

Médicos recomendaram uma cirurgia redução de pênis, mas ele se recusa.

 

www.jequitinhonhanews.com/(VN)

AVISO: O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.