'Canto bem, não é só esse corpo bonito', justifica Léo Santana sobre sucesso na carreira

O cantor Léo Santana segue comemorando a boa fase da carreira. Aos 30 anos, o pagodeiro tem se firmado no cenário nacional e feito parcerias com diversos artistas, como a dragqueen Gloria Groove (Arrasta), com o funkeiro Kevinho ("Encaixa"), Wesley Safadão ("Psiquiatra do Bumbum"), Marília Mendonça ("Incendeia") e MC TH ("Apaga luz e toma"). Em entrevista ao Diário de Pernambuco, ele disse que é o seu "melhor momento". "E tudo que venho conquistando subi degrau por degrau, não tive uma ascensão absurda e depois o ‘nada’. Hoje eu vivo mais tranquilo. Tenho o repertório na boca da galera, não fiquei só no ‘Rebolation’, que foi maior que eu e o Parangolé. Quero não parar de fazer shows, lançar novos projetos e fortalecer a minha empresa".  No novo trabalho, o EP Inovando, ele trouxe canções do sertanejo, mas não tem a intenção de migrar de estilo. "Esse foi um projeto desafiador.  Agora começa outra fase do Léo Santana. Mostrar que eu canto bem, que não é só esse corpo bonito. A minha verdade, e o que aconteci fazendo foi o pagode da Bahia. Não vou mudar o gênero, seria um risco muito grande. É mais fácil um forró virar sertanejo, pela proximidade dos elementos musicais. Canto músicas de outros artistas agregando sempre uma pegada minha, misturo romântico ao pagode. Mas nesse trabalho quis fazer totalmente sertanejo", explicou.Volta e meia o artista fala do seu amor pelos fãs, mas dessa vez ele divulgou um momento inusitado. Durante a festa Baila da Santinha, em Recife, no último final de semana, um seguidor invadiu o seu palco e ele tomou o maior susto. A situação foi divulgada pelo Gigante. 

 

 

www.jequitinhonhanews.com/BN

AVISO: O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.